Dia do Cerimonialista

Cerimonialista Francisco Brandão, pioneirismo em Imperatriz.

Francisco Brandão fala sobre os desafios da profissão e que perspectivas vislumbra para o futuro; dia é celebrado hoje.

Por Raimundo Primeiro

Nesta quinta-feira, 29 de outubro, celebra-se o Dia do Cerimonialista. Em Imperatriz, existem diversos profissionais atuando no setor. Para homenagear a categoria, O PROGRESSO publica, na edição de hoje, entrevista com o cerimonialista Francisco Brandão, em atuação desde 1998, ou seja, há 22 anos. “Foi o cerimonial me que escolheu”, lembra, emocionado.

Brandão, como é mais conhecido, é especializado em Cerimonial Público. Já trabalhou no Cerimonial da Prefeitura de Imperatriz e, atualmente, é cerimonialista da Câmara Municipal.

Na manhã desta quarta-feira (28/10), Brandão ele comandou a solenidade que homenageou os colaboradores do Palácio Dorgival Pinheiro de Sousa em comemoração ao do Dia do Servidor.

Aos 66 anos, Brandão considera-se um profissional realizado e em plena forma.

A seguir, confira, na íntegra, a entrevista com o cerimonialista Francisco Brandão:

O PROGRESSO – O que a pessoa tem de fazer para ser um cerimonialista?

FRANCISCO BRANDÃO – É necessário ter vocação. Depois, fazer cursos.

O PROGRESSO – Quais são as características de um cerimonialista?

FRANCISCO BRANDÃO – Ser discreto e colocar e, principalmente, profissional.

O PROGRESSO – Por mais que haja planejamento, um evento sempre pode passar por imprevistos. Durante a sua trajetória no mundo dos eventos, há alguma história que te marcou por gerar aprendizado através de um momento de dificuldade?

FRANCISCO BRANDÃO – O cerimonialista tem de ser preparado para o previsível e o imprevisível. Comigo, aconteceu um episódio interessante, durante as cerimônias fúnebres de Dom Affonso Felippe Gregory (primeiro bispo de Imperatriz), tendo em vista o Clero esquecer a Bandeira do Município, na Igreja de Santa Tereza d’Ávila. Só soubemos quando o corpo do religioso já se encontrava na Igreja de Nossa Senhora de Fátima (Catedral). Para minha sorte, havia uma bandeira no meu carro. E ele estava próximo.

O PROGRESSO – Pode falar sobre alguns cursos/eventos?

FRANCISCO BRANDÃO – Cursos no Seminário Norte/Nordeste de Cerimonial e Eventos, o início de tudo, em São Luís (MA); 4º Encontro Nacional do Cerimonial Público (ENCEP), em Brasília (DF); XII Congresso Nacional do Cerimonial Público, em Natal (RN); cursos de Aperfeiçoamento em Gestão em Protocolo e Cerimonial, com a orientadora Gilda Fleury Meireles, em Brasília (DF); XIII Congresso Nacional do Cerimonial Público, em São Paulo (SP); Curso Planejamento e Organização de Eventos, com Gilda Fleury, em Brasília (DF); XIV Congresso Nacional do Cerimonial Público, em Belém (PA).

Curso A Arte de Falar em Público: Mestre de Cerimônias Conduzindo Solenidade, com Gilda Fleury; Fórum Brasileiro de Mestre de Cerimônias, em Brasília, do qual fui palestrante; IX Congresso Nacional do Cerimonial Público, em Campos do Jordão (SP); 3º Fórum de Mestre de Cerimônia, em Vitória (ES); XVI Congresso Nacional do Cerimonial Público, em Salvador (BA), do qual fui painelista; 1º Encontro Nordestino de Cerimonial, em Natal (RN); XVII Congresso Nacional do Cerimonial Público, em Gramado (RS); 2º Encontro Nordestino de Cerimonialista, em Salvador (BA); 3º Congresso Ibero-Americano de Comunicação e Cerimonial e Eventos, em Brasília (DF); XVIII Congresso Nacional do Cerimonial Público, no Rio de Janeiro (RJ); e XX Congresso Nacional do Cerimonial Público, em Fortaleza (CE).

O PROGRESSO – Qual conselho você pode dar aos iniciantes nessa carreira e/ou para quem desejar ingressar/começar na carreira?

FRANCISCO BRANDÃO – Ter vocação e, claro, preparação. Em suas mãos, o cerimonialista tem “o sonho de quem o contratou”. Definir qual área se adapta melhor: Cerimonial Social e/ou Público, entre outros.

O PROGRESSO – Você passou por muitas dificuldades para atingir o reconhecimento e a credibilidade que possui hoje?

FRANCISCO BRANDÃO – Confiança e credibilidade se conseguem com trabalho apresentado. Hoje, já enfrento preconceito por causa de minha idade. Entretanto, não me incomodo, tendo em vista isto ser normal no Brasil.

O PROGRESSO – Qual o tipo de festa/evento que você mais gosta de organizar?

FRANCISCO BRANDÃO – Minha área é Cerimonial Público. É o que domino. Já fiz três colações de graus. Uma delas, a de meu filho, que se formou em Direito.

O PROGRESSO – Para um evento ser considerado perfeito para você, o que precisa ter?

FRANCISCO BRANDÃO – Uma boa equipe de apoio, planejamento e, se necessário, ensaio.

O PROGRESSO – Qual a principal marca de um evento cerimonializado por você?

FRANCISCO BRANDÃO – Procuro chegar à perfeição.

O PROGRESSO – Falando um pouco da vida pessoal, você se considera um homem vaidoso? Como cuida do corpo e da mente?

FRANCISCO BRANDÃO – Na minha vida, procuro aproveitar o que a cidade oferece. Quanto a vaidade, só com os ternos e os sapatos. Cuidado com a aparência, pois a idade exige. Nada demais!

O PROGRESSO – Como é ser cerimonialista em Imperatriz? Você é um dos pioneiros na cidade?

FRANCISCO BRANDÃO – Quando o cerimonial me “adotou”, existiam poucos cerimonialistas na cidade. Diferente de hoje, com vários profissionais na área. Só não sei te informar quantos somos. Temos, sim, grandes cerimonialistas.

O PROGRESSO – Comportamento no trabalho? E sobre a família?

FRANCISCO BRANDÃO – Quando aceito um evento, a família já sabe que me dedicarei exclusivamente ao trabalho. Quando vou trabalhar, não costumo levar filhos ou a esposa. Durante os momentos de folgas, me dedico a família.

O PROGRESSO – Quando não está trabalhando, o que mais gosta de fazer?

FRANCISCO BRANDÃO – Gosto muito de viajar. O lazer, entretanto, teve de ser interrompido por causa da pandemia do novo coronavírus.

 

O PROGRESSO – O que espera dos próximos anos nas áreas pessoal e profissional?

FRANCISCO BRANDÃO – A gente tem de se adaptar ao novo. Isto, talvez, leve tempo. Voltar ao que era, talvez, demore. Na minha área, estamos orientando distanciamento, uso de máscara e álcool gel. Estamos fazendo alguns eventos.

📍Rua Bom Futuro, 455 – Centro, Imperatriz – MA, 65903-150
☎ Fone: 99. 2101-2626
☎ 99. 2101-2612
✉ Mande um e-mail para nós:
cdlimperatriz@cdlimperatriz.org.br